Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
4/05/18 às 14h53 - Atualizado em 30/10/18 às 11h01

Catadores de materiais recicláveis serão capacitados gratuitamente pelo Senai

COMPARTILHAR

Da Agência Brasília

Antigos catadores do Lixão da Estrutural, desativado em janeiro, serão capacitados para executar tarefas mais complexas e mais profissionais em comparação àquelas que faziam há até pouco tempo.

Para a capacitação profissional, um termo de cooperação técnica foi assinado nesta sexta-feira (4), na Fábrica Social, pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU), pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF).

 

Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

curso Agente de Recuperação de Resíduos é voltado a cerca de 640 trabalhadores das oito cooperativas que atuam nos galpões de triagem alugados pelo governo de Brasília. A formação será gratuita, pelo período aproximado de um ano, por meio de parceria com Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF).

 

Serão 160 horas-aula, com início a partir de 11 de junho, e os interessados devem se inscrever até 11 de maio, nos centros de triagem em que trabalham.

 

Presente na cerimônia, e testemunha do acordo, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou que a inciativa está associada ao Programa Agentes de Cidadania Ambiental — Inclusão ao Mundo do Trabalho na Área Ambiental, cuja regulamentação foi publicada no Diário Oficial do DF de hoje.

 

O curso terá uma aula por semana, contemplando os seguintes módulos:

 

  • Cooperativismo
  • Atitudes pessoais
  • Segurança do trabalho e manutenção de equipamentos
  • Gerenciamento de resíduos sólidos
  • Noções de processos de produção
  • Empreendedorismo
  • Gestão administrativa e financeira
  • Há, ainda, um módulo de informática básica, com 40 horas-aula, voltado àqueles que trabalham na gestão das cooperativas. O grupo começou a frequentar as aulas nessa quinta (3). Vão ser dois encontros por semana — às quintas e às sextas-feiras.

 

As disciplinas vão ser ministradas na Fábrica Social e nos centros de triagem destinados à separação dos materiais, onde haverá a parte prática – complementar ao trabalho que já vem sendo realizado nos galpões de triagem dos materiais.