Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/08/17 às 12h30 - Atualizado em 30/10/18 às 11h15

Cirat é formalizado e passa a ter estatuto social próprio

COMPARTILHAR

Notícias

O dia 8 de agosto de 2017 se tornou uma data importante para o avanço de uma abordagem sistêmica e transdisciplinar para a água. Em clima de comemoração, autoridades do Governo Federal, do Governo do Distrito Federal, representantes da Unesco, da academia e da sociedade civil coroaram um ciclo de cerca de oito anos de trabalho durante a assembleia geral de constituição do Centro Internacional de Água e Transdiciplinaridade (Cirat).

A partir de agora, o Cirat passa a ser oficialmente uma associação civil com um estatuto social próprio. Para isso, durante a assembleia foi eleita e empossada a primeira diretoria, que terá mandato de dois anos, bem como os conselhos fiscal e consultivo.

A assembleia contou com a participação de cerca de 100 pessoas, que assinaram a ata de constituição e se tornaram membros fundadores do Cirat. O chefe da Unidade Estratégica de Água da Secretaria do Meio Ambiente e membro da diretoria executiva do Cirat, Sérgio Ribeiro, destacou que desde 2015 a Secretaria do Meio Ambiente (Sema-DF) intensificou o apoio aos trabalhos do grupo. “Foi assinado um protocolo de intenções entre 10 instituições do governo de Brasília para estimular a criação deste centro de referência no Distrito Federal há dois anos”, explicou Ribeiro. A subsecretária de Serviços Ecossistêmicos da Sema-DF, Nazaré Soares, também esteve presente no evento. A cerimônia foi conduzida pela atriz Maria Paula, da Rede Globo, e encerrada com um show da cantora Célia Porto e do maestro Reino Quintas, com a apresentação de canções com a temática água.

A primeira reunião da diretoria executiva do Cirat ocorreu no mesmo dia. A diretoria aproveitou a presença de alguns membros que residem fora do Distrito Federal para realizar a reunião. No encontro foram tratados assuntos ligados à constituição do centro, assim como questões cartoriais e administrativas para o seguimento das atividades. 

Cirat está em processo de qualificação como centro de categoria 2 da Unesco

O conceito de Centro Categoria 02 (CC2) reside na criação de centros chancelados pela Unesco e albergados por países que assumem o desenvolvimento de suas atividades e manutenção administrativa. Voltados para a capacitação técnica, suas atividades poderão ter uma vertente direcionada para a pesquisa. Mediante acordo entre os seus governos nacionais e a Unesco, essas atividades são constituídas para desenvolver suas ações em âmbito regional ou internacional. O grupo gestor do Cirat conta com o apoio da Unesco para o reconhecimento como Centro Categoria 02 e está dando seguimento aos trâmites oficiais do pedido de reconhecimento.

Acesse a Ata de Fundação e o Estatuto Social do Cirat. 

Com informações do Cirat. 

Leia mais:

Cirat: Cirat é formalizado e passa a ter estatuto social próprio

Cirat: Diretoria executiva do Cirat se reúne pela primeira vez

Cirat: O Cirat está no processo de qualificação como CC2 da Unesco

Diretoria executiva do Cirat. Foto: Reprodução/Cirat.