Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

Coleta Seletiva Solidária

A coleta seletiva é uma das ferramentas mais importantes para a implantação da Lei nº 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos, e da Lei nº 5.418/2014, a Política Distrital de Resíduos Sólidos. A Coleta Seletiva Solidária (CSS) contribui para o acesso à cidadania, à oportunidade de renda e à inclusão social dos catadores de materiais recicláveis. Essa ação é uma estratégia que busca a construção de uma cultura institucional para um novo modelo de gestão dos resíduos, no âmbito da Administração Pública.

 

Neste contexto, a Lei Distrital nº 4.792/2012, que instituiu a Coleta Seletiva Solidária no âmbito dos órgãos públicos do Governo do Distrito Federal, determina que todo e qualquer resíduo reciclável seja entregue às cooperativas de catadores de materiais recicláveis. A lei é uma importante forma de aprimorar a qualidade e quantidade de material a ser entregue às cooperativas estimulando a aceitação do processo da coleta seletiva como um todo.

 

Hoje são mais de 180 mil servidores no GDF gerando resíduos diariamente, sendo assim, é um volume de material bastante expressivo e que pode fazer diferença na geração de renda dos catadores nos centros de triagem.

 

Acesse aqui o Manual da Coleta Seletiva Solidária.