Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/07/19 às 17h20 - Atualizado em 22/07/19 às 17h39

Com apoio da SEMA, Administração do Plano Piloto se prepara para Coleta Seletiva

COMPARTILHAR

 

 

 

 

 

Os esforços da Secretaria de Meio Ambiente para implementar a Coleta Seletiva nos órgãos do GDF deu mais um bom resultado. Na sexta-feira, (19/07), a Administração do Plano Piloto (RA I) realizou a primeira Formação para Implementação da Coleta Seletiva Solidária. Voltado a todos os servidores, o evento contou com palestras e atividades práticas como a simulação de uma estação e triagem, em que os servidores separaram o resíduo produzido em um dia no órgão, diferenciando orgânicos e rejeitos, dos recicláveis.

 

A Coleta Seletiva Solidária busca a construção de cultura institucional para um novo modelo de gestão de resíduos e uso racional dos recursos no âmbito da Administração Pública direta e indireta, de acordo com o que preconiza a Lei Distrital n° 4.792/2012, regulamentada pelo Decreto n° 38.246/2017, que institui a Coleta Seletiva Solidária no âmbito dos órgãos públicos do Governo do Distrito Federal.

 

A assessora técnica da Subsecretaria de Gestão das Águas e Resíduos Sólidos da Sema, Amanda Meireles, falou sobre os panoramas nacional e distrital da gestão de resíduos e a diferença entre lixão e aterro sanitário os participantes. “Mostrei a importância dos nossos órgãos e entidades serem exemplos para a população na separação de resíduos”, disse ela, que também coordena a Coleta Seletiva Solidária no âmbito da administração pública do DF.

 

Para a administradora regional do Plano Piloto, Ilka Teodoro, a importância da RA-I implantar a coleta seletiva é muito grande. “Agora, podemos ser exemplo para os cidadãos do Distrito Federal, especialmente aos residentes do Plano Piloto”, disse.

 

Participaram ainda como palestrantes, o ouvidor, Bruno Marques, a assessora técnica, Luciene dos Santos e a coordenadora de mobilização, Luana Cristeli, do Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

 

 

POLÍTICAS PÚBLICAS – A SEMA é responsável pela coordenação geral de mobilização, sensibilização e orientação para a coleta seletiva, além de estimular a implantação da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), seu monitoramento e a avaliação das atividades. A secretaria coordena, também, o Sistema de Gestão de Coleta Seletiva Solidária (E-Coleta), lançado no ano passado para monitorar a coleta de todos os órgãos, facilitando a análise da gestão dos resíduos na administração pública do DF.

 

 

Secretaria do Meio Ambiente

Assessoria de Comunicação