Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/09/17 às 10h23 - Atualizado em 30/10/18 às 11h12

Comitê Distrital da Reserva da Biosfera do Cerrado

COMPARTILHAR

O que é Reserva da Biosfera?

 

O modelo concebido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e a Cultura (Unesco), por meio do programa internacional O Homem e a Biosfera, foi introduzido no Brasil em 1992, com a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Trata-se de um conceito de gestão integrada e sustentável dos recursos naturais em que os pontos mapeados devem ser referência em experimentação, conservação, pesquisa e desenvolvimento sustentável.

 

O País conta com sete reservas do tipo: Amazônia Central, Caatinga, Cerrado, Cinturão Verde de São Paulo, Mata Atlântica, Pantanal e Serra do Espinhaço. Além do Distrito Federal, fazem parte da Reserva da Biosfera do Cerrado Goiás, Maranhão, Piauí e Tocantins.

 

Fonte: Ministério do Meio Ambiente

 

Comitê Distrital

 

O Comitê Distrital da Reserva da Biosfera do Cerrado (CDRBC) – grupo de fomento às políticas de desenvolvimento sustentável para o bioma – foi instalado em 29 de novembro de 2016 no Centro de Excelência do Cerrado (Cerratenses), no Jardim Botânico. O grupo foi instituído pelo decreto 37.615, de 9 de setembro de 2016.

 

De acordo com o texto, são 28 integrantes – 14 representantes do poder público e 14 da sociedade civil. “É unir a sociedade e o governo em ações estratégicas de proteção, recuperação e Uso Econômico do Cerrado”, disse o secretário do Meio Ambiente, André Lima. O mandato é de dois anos, permitida a recondução.

 

Uma agenda de ações será desenvolvida. “A questão do turismo, por exemplo, precisa ser qualificada; a do uso econômico das espécies locais também. Precisamos aprofundar a pesquisa científica da importância do Cerrado para o clima, para a água”, exemplificou o secretário.

 

O comitê deverá elaborar planos, metas, prioridades e temáticas de atuação conforme as necessidades do Cerrado. “Imagine o Plano Piloto se não tivesse o título de patrimônio? A Reserva da Biosfera pode fazer o mesmo pelo Cerrado”, justificou a educadora ambiental do Jardim Botânico de Brasília e integrante do comitê, Helena Maltez, ao destacar a importância da conservação do bioma.

 

Representante da organização não governamental WWF Brasil no grupo, Vinicius Pereira destacou o orgulho de fazer parte do processo. “A gente sabe do trabalho desenvolvido na Mata Atlântica, em que o WWF também se faz presente. Quando recebemos o convite, ficamos muito felizes de ver essa discussão, muito importante para o Cerrado como um todo, ser trazida de volta à tona.” No DF, o modelo de reserva da biosfera existe desde 1993.