Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/10/17 às 17h24 - Atualizado em 30/10/18 às 11h10

Concursos de sustentabilidade da Sema são para todos

COMPARTILHAR

Quem realizou ações que beneficiam o meio ambiente tem o direito de participar, seja o cidadão, o microempresário, as organizações não governamentais, condomínios, empresas, pequenos ou grandes agricultores. Diversas iniciativas já foram inscritas, especialmente na modalidade da educação ambiental

 

(Brasília, 10/10/2017) – Os concursos de ações sustentáveis abertos pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema-DF) permitem a participação dos cidadãos em todas as modalidades – ações de educação ambiental, rurais, empresariais e urbanas. A exceção é no caso das iniciativas empresariais em que o cidadão que quiser inscrever sua ação terá que ser um microempresário individual (MEI), definido de acordo com a lei.

 

“Todo mundo tem alguma oportunidade nesse concurso, porque, se uma pessoa tiver realizado uma iniciativa que promova a sustentabilidade em sua casa, por exemplo, poderá participar no concurso, de acordo com as regras dos editais”, explica o secretário adjunto da Sema-DF, Carcius Santos.

 

Atividades como reúso ou redução do consumo de água, uso de iluminação sustentável ou de ventilação e produção de energia limpa são exemplos de ações que podem ser inscritas nos concursos de áreas urbanas. A realização coletiva de hortas comunitárias ou revitalização de parques ou construções que promovam a economia de recursos naturais estão entre essas ações que podem concorrer aos 15 prêmios da categoria urbana.

 

A data de inscrição para os quatro concursos termina no dia 3 de novembro. O resultado será publicado no dia 20.

 

“A participação dos interessados é muito fácil”, comentou a subsecretária de Educação e Mobilização Socioambiental (SEAMS), Gabriela Batista. “Os editais são simples e os formulários são fáceis de serem preenchidos por quem realizou ações ambientais”, completou. Segundo Gabriela, a burocracia foi reduzida ao mínimo necessário para estimular a participação das pessoas.

 

Por exemplo, na ficha de inscrição do prêmio de iniciativas urbanas sustentáveis o candidato deverá dar nome à ação e identificar o responsável por ela, que pode ser um cidadão ou uma organização. Deve definir a categoria e fazer um resumo de sua atividade. Além disso, deverá apresentar a documentação prevista nesse formulário.

 

Outro formulário deverá ser preenchido para detalhar a sua ação: histórico e justificativa, objetivos e identificação de práticas urbanas sustentáveis, assim como o público beneficiário. O anexo III do concurso explicita os critérios para a pontuação da iniciativa.

 

Com pequenas variações em função das características de cada prêmio, essa é a regra geral para que o cidadão ou a organização inscreva sua iniciativa sustentável.

 

Até o momento, a modalidade com mais inscrições são as de educação ambiental. Nesse caso, podem se inscrever aqueles que realizaram iniciativas na educação formal ou não-formal.

 

Área Quem Até Prêmio
Rural Agricultor familiar, médio e grande produtor 3/11 R$ 15 mil para 10 agricultores familiares, certificado para os outros
Educacional Educadores formais e não formais 3/11 R$ 20 mil para 5 ações formais e 5 ações não formais
Urbana Condomínios e associações 3/11 15 iniciativas, de R$ 15 mil a R$ 5 mil, conforme a colocação
Empresas Micro e pequenas empresas (MPE) e microempresário individual (MEI) 3/11 10 prêmios de R$ 20 mil

 

 

Veja aqui o edital para a categoria que você quer participar:

 

Veja mais informações:

 

Sema prorroga inscrições em concursos de sustentabilidade

 

Mais informações:

E-mail: comunicacaosema@gmail.com

Telefone: (61) 3214 – 5611

 

Concursos de sustentabilidade da Sema ficarão abertos até 3 de novembro. Os cidadãos podem participar em todas as modalidades. Foto: Reprodução/ Estratégia ODS.