Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/08/19 às 19h41 - Atualizado em 29/08/19 às 11h16

Estação Ecológica do Jardim Botânico ganha reforço para o combate aos incêndios florestais

 

O reservatório de água com capacidade para 40 mil litros instalado na Estação Ecológica do Jardim Botânico de Brasília foi oficialmente entregue na tarde desta quarta-feira (28) pela Secretaria de Meio Ambiente. A caixa d’água atenderá toda a Área de Proteção Ambiental (APA) Gama-Cabeça de Veado, que abriga 25 mil hectares e engloba a Fazenda Água Limpa, o Jardim Botânico de Brasília e a Reserva Ecológica do IBGE. A iniciativa faz parte do esforço do governo em combater os incêndios florestais com maior efetividade e integra as ações do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (Ppcif) do DF.

 

Este é o segundo reservatório instalado em áreas de proteção ambiental consideradas estratégicas. A primeira foi a Floresta Nacional de Brasília e a próxima será a Área Alfa da Marinha. A previsão é que até o início de 2020, dez Unidades de Conservação recebam os equipamentos doados pela Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federa (Caesb), também responsável por sua instalação.

 

De acordo com a diretora-executiva do JBB, Aline De Pieri, o reservatório dará uma maior eficácia ao trabalho de bombeiros, brigadistas e voluntários. “Com certeza ganharemos tempo durante o combate ao fogo e sabemos que qualquer minuto pode ser fundamental para evitar grandes destruições”, reforçou.

 

O secretário de Meio Ambiente, Sarney Filho, foi fundamental na concretização do projeto que estava parado há anos. Ele comemora o êxito da parceria com a Caesb e alerta que os maiores causadores de focos de incêndio no DF são as queimas de lixo e de podas de árvores. “Esse ano é perigoso. Por mais paradoxal que seja, quando chove temos mais material orgânico, portanto, combustível para ocorrências maiores. Nossa meta é diminuir a área de queimadas em 2019, em relação aos outros anos”, afirma.

 

 

Serviço:

Em caso de incêndio, ligar para:
162 (Ibram) – para denúncias de crime ambiental
193 – (Corpo de Bombeiros) – para combate a focos