Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/09/17 às 19h11 - Atualizado em 30/10/18 às 11h12

G1: Hamilton de Holanda e Ellen Olléria fazem show de graça na Virada do Cerrado, no DF

COMPARTILHAR

Sema Na Imprensa

Do G1

Festival vai percorrer 28 regiões administrativas com música, teatro, oficinas e atividades esportivas de sexta a domingo. Na abertura, tocam Dillo, Pé de Cerrado e Maria Sabina & a Pêia; tudo de graça

festival Virada do Cerrado, que reúne músicos e artistas genuinamente candangos, oferece atividades culturais em 28 regiões administrativas do Distrito Federal entre esta sexta-feira (1º) e domingo (3). A programação é gratuita.

Entre as atrações musicais estão o bandolinista Hamilton de Holanda e a cantora Ellen Oléria, que se apresentam às 17h30 de domingo. Eles serão acompanhados da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, sob a batuta do maestro Cláudio Cohen.

As demais atividades incluem trilhas ecológicas, passeios de bicicleta, lançamentos de livros, oficinas e exposições fotográficas. Veja programação completa no site do evento.

A abertura do festival fica à cargo do grupo de cultura popular Pé de Cerrado, que toca, canta e dança ritmos regionais como maracatu, frevo, baião, coco e ciranda. Além deles, o cantor Dillo e a banda Maria Sabina & a Pêia sobem ao palco no primeiro dia de shows, que começa às 19h no gramado do Panteão da Pátria, na Praça dos Três Poderes.

No local, também será montada uma feira com produtos de artesãos da região de Olhos D’Água, em Goiás. Quem estiver por lá ainda vai poder observar as estrelas de perto através de telescópios distribuídos pelo gramado.

O evento está na 3ª edição e ocorre sempre próximo ao dia 11 de setembro, quando comemora-se o Dia do Cerrado. No ano passado, o festival reuniu cerca de 45 mil pessoas em todo o DF.

Olho na água

Como o tema desta edição é a preservação dos recursos hídricos, no domingo (3), será realizada a corrida de rua “Cuidando das Águas”. Dividida em duas provas, com distâncias de 5 km e 10 km, a largada será às 7h no estacionamento 10 do Parque da Cidade.

Os participantes vão receber pacotinhos com sementes do cerrado e os três primeiros colocados nas categorias feminino e masculino serão premiados com mudas de espécies arbóreas.

O local também vai reunir atividades ao longo do dia. Haverá rodas de conversa e tendas temáticas com a presença de nomes que atuam em prol do meio ambiente, como a atriz Cassia Kis e a ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva.

No mesmo dia, o “Samba do Banquinho” volta ao Parque da Cidade com roda de samba. O evento, criado em 2013, costumava ser realizado debaixo de uma jaqueira, que ganhou até placa em homenagem.

As crianças também têm vez em todas as regiões administrativas. Haverá oficinas de plantação de sementes, horta, apresentações de palhaços, contação de história e poesias. No Jardim Botânico, a programação inclui, ainda, palestras sobre alimentação saudável e ansiedade infantil.

A Virada do Cerrado também vai realizar mutirões de limpeza no Parques Olhos D'Água, na Asa Norte, no Ecológico Metropolitano JK, em Ceilândia, no Ecológico de Santa Maria, próximo às nascentes do Morro Azul, em São Sebastião, e na Floresta Nacional de Brasília.

Regiões administrativas

Vão participar da Virada do Cerrado as seguintes regiões: Águas Claras, Brazlândia, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Fercal, Guará, Gama, Itapoã, Jardim Botânico, Lago Norte, Lago Sul, Park Way, Planaltina, Paranoá, Plano Piloto, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Funfo II Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Sudoeste, Sobradinho, Sobradinho II, Taguatinga e Varjão.