Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/06/19 às 23h15 - Atualizado em 5/06/19 às 23h15

GDF entrega à população um revitalizado Parque de Águas Claras

COMPARTILHAR

Agencia Brasília*

 

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta quarta-feira (5), foi marcado, no Distrito Federal, pela entrega do Parque Ecológico de Águas Claras, que foi revitalizado. O evento também teve a assinatura de acordos para a realização do programa de agrofloresta e ampliação das ações do Parque Educador, ação conjunta entre a Secretaria de Educação e a Secretaria do Meio Ambiente nos parques do Distrito Federal.

 

A solenidade foi aberta pelo secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho. De acordo com o secretário, a data é fundamental para provocar uma reflexão sobre a importância de proteger o meio ambiente, garantindo qualidade de vida para as futuras gerações. Ele ressaltou que a política ambiental do GDF prioriza as ações voltadas para o clima, recuperação de nascentes e mananciais, revitalização e implantação de parques, mobilidade urbana e saneamento.

 

O presidente do Ibram, Edson Duarte, adiantou que depois do Parque Saburo Onoyoma e de Águas Claras, as ações serão dirigidas para o Parque Olhos D’Água, na Asa Norte, e para o Parque das Garças, no final do Lago Norte. “O trabalho tem sido possível pela dedicação do secretário-executivo do Conselho Permanente de Políticas Públicas e Gestão Governamental, José Humberto Pires de Araújo, e, também, de dirigentes e técnicos da Sema, Ibram e demais órgãos parceiros do GDF, além da Secretaria de Justiça do DF/Fundação de Amparo ao Trabalhador (Funap)”, afirmou.

 

As ações em Águas Claras tiveram início no dia 18 de março e envolveram a melhoria da iluminação, reforma de quadras poliesportivas e de três parques infantis, limpeza da coopervia e cercamento, reforma do circuito inteligente de ginástica, reforma dos portões, pinturas de edificações, reforma de bebedouros, reforma de bancos e do pergolado, entre outras.

Lago Norte

O acordo assinado para o programa de agrofloresta nas áreas em torno das Barragens do Descoberto e do Paranoá conta com a parceria da Secretaria de Ciência e Tecnologia. Ele permite oferecer agricultura sustentável mecanizada para agricultores que foram capacitados pelo projeto.

 

O administrador do Lago Norte, Marcelo Ferreira Silva, elogiou a iniciativa que também vai proteger as nascentes que desaguam no Paranoá, contribuindo para a qualidade da água do lago. “Na região da Serrinha do Lago Norte temos 120 nascentes e elas precisam de proteção e em alguns casos de recuperação”, explicou.

 

Setenta brigadistas que receberam treinamento para prevenção e combate aos incêndios no Distrito Federal nas últimas semanas receberam certificados durante a cerimônia. Eles começam a atuar a partir deste mês, com a estiagem em todo o DF.

Campanha

A promotora de Justiça do Ministério Público do DF, Luciana Bertini Leitão, lançou no evento a campanha Vira Amigo, com o objetivo de promover a adoção responsável de gatos e cães. Ela defendeu que destinação de animais vítimas de maus tratos e abandonados é um problema que precisa ser tratado em rede, Estado e sociedade civil.

 

“A promotoria percebeu a ausência desse tipo de sensibilização, inclusive nas escolas. A população precisa ser orientada e sensibilizada”, considerou a promotora. O evento teve, ainda, o plantio de árvores nativas do Cerrado.

 

 

*Com informações da Secretaria do Meio Ambiente