Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
6/04/19 às 14h33 - Atualizado em 6/04/19 às 14h33

Governo lança obras de implantação do Tororó

COMPARTILHAR

 

O Parque Ecológico Tororó receberá equipamentos públicos que valorizarão a região. O vice-governador do Distrito Federal, Paco Britto, o secretário do Meio Ambiente, Sarney Filho, e o presidente do Instituto Brasília Ambiental (Ibram), Edson Duarte, lançaram neste sábado (06) as obras de implantação da unidade. A previsão é implantar 17 parques em todo o DF neste ano.

 

O objetivo é fortalecer a segurança e estimular a proteção desses espaços. “Estamos implantando esses parques para a população do DF”, afirmou Paco Britto. “Serão lugares de convívio e socialização onde todos poderão passear com suas famílias”, acrescentou. O vice-governador explicou, ainda, que a iniciativa incluirá policiamento e instalação de câmeras para garantir a segurança local.

 

Com a medida, serão construídos, no Tororó, banheiros públicos, guarita e iluminação da ciclovia já existente. De acordo com Sarney Filho, as obras proporcionarão melhorias para os frequentadores e para os moradores da região, além de garantir a proteção ambiental. “A implantação do parque vai valorizar os imóveis e promover a qualidade de vida”, declarou o secretário do Meio Ambiente.

 

O presidente do Ibram ressaltou que todos os instrumentos necessários para o aproveitamento do parque serão viabilizados no Tororó. Além disso, o plano de manejo já está contratado e deverá ser concluído em 2020. “Esse é um parque estratégico, que tem qualidades ambientais únicas, nascentes e uma vegetação muito simbólica”, explicou Edson Duarte.

 

Participação da sociedade

 

O secretário do Meio Ambiente informou que, até o fim do ano, serão implantados 17 parques no DF. Segundo ele, a participação do empresariado e da população local é fundamental nesse processo. “Isso só é possível com transparência e com a participação efetiva da sociedade, da forma como ocorreu no Tororó”, destacou Sarney Filho.

 

A população aprovou as ações. A presidente da Associação de Empreendedores do Tororó, Maria José Feitosa, ressaltou os benefícios que as obras levarão para a comunidade. Segundo ela, os diversos empreendimentos locais serão valorizados e a expectativa é aquecer os negócios da região. “Somos um setor privilegiado porque temos um parque como porta de entrada”, comemorou.

 

O evento de lançamento das obras de implantação do Parque Ecológico do Tororó também teve a participação do secretário executivo das Cidades, Gustavo Aires, e da deputada distrital Jaqueline Silva, além de lideranças comunitárias e moradores da região.

 

O Tororó

 

O Parque Ecológico Tororó é o primeiro equipamento público instalado na região que, desde a sua criação em 2002, aguardava pela ação do GDF. O local atrai praticantes de ecoturismo, que buscam caminhadas, trilhas de média dificuldade e rapel. Já o Setor Habitacional Tororó tem, hoje, 15 mil habitantes, com a previsão de chegar a 56 mil moradores futuramente.

 

A unidade foi criada pelo Decreto nº 25.927, de 2005, com 322,75 hectares. Os objetivos são conservar amostras dos ecossistemas naturais, proteger paisagens naturais e incentivar atividades de pesquisa, estudos e monitoramento ambiental.

 

A criação do parque também busca estimular o desenvolvimento da educação ambiental e das atividades de recreação e lazer em contato harmônico com a natureza, além de proteger as nascentes do córrego Pau de Caixeta, com campos úmidos nas proximidades das nascentes e na área de recarga no seu interior.

 

Assessoria de Comunicação Social

Secretaria do Meio Ambiente (Sema)