Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/07/19 às 13h31 - Atualizado em 25/07/19 às 13h31

Inscrições para o 18º Prêmio Crea Goiás de Meio Ambiente terminam em 30 de agosto

COMPARTILHAR

O Prêmio CREA Goiás de Meio Ambiente chega a sua 18ª edição com o tema “Cidades: dos desafios às soluções”, uma proposta para destacar trabalhos que visam o desenvolvimento dos centros urbanos. A iniciativa expressa, também, o   reconhecimento àqueles que vêm contribuindo por suas ações e projetos na luta pela preservação, recuperação, defesa ou conservação do meio ambiente.

 

Podem concorrer ao Prêmio trabalhos executados por profissionais, personalidades, entidades e instituições públicas e privadas, pessoas físicas e jurídicas ou propriedades rurais, em prol da preservação, recuperação, defesa ou conservação do meio ambiente, nas seguintes modalidades: Elementos Naturais, Imprensa, Inovação Tecnológica, Sociedade Sustentável e Produção Acadêmica.

 

O Prêmio é aberto à participação de trabalhos dos estados de Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Esse ano, pela primeira vez, a iniciativa é extensiva, também, aos trabalhos do estado de Minas Gerais.

 

As inscrições são gratuitas e  podem ser feitas até 30 de agosto de 2018, somente por meio do site www.premiocreagoias.org.br. Os vencedores de cada modalidade serão conhecidos na cerimônia de entrega dos troféus marcada para 22 de novembro.

Categorias

Veja, abaixo, a descrição de cada modalidade:

 

Elementos Naturais (Água, Terra, Fogo e Ar) – Trabalhos relacionados à conservação do solo, exploração racional das riquezas minerais, conservação da qualidade da água e do ar, reuso de recursos naturais, sistemas de produção industrial de baixo impacto, produção e consumo de energia, gestão de resíduos sólidos e efluentes, pagamento de serviços ambientais correlatos à modalidade;

 

Sociedade Sustentável – Trabalhos relacionados à educação ambiental, sítios e monumentos arqueológicos, sítios paleontológicos e monumentos geológicos, as relações econômicas de dependência entre a sociedade local com os recursos ambientais e a potencial utilização futura desses recursos. Restauração ou conservação do patrimônio histórico, urbanismo, arte e cultura em geral;

 

Inovação Tecnológica – Concedido a trabalhos desenvolvidos pela comunidade científica, universidades, empresas públicas e/ou privadas, de desenvolvimento tecnológico, como projetos de pesquisa que apresentem aspectos inovadores na área da sustentabilidade e que tenham viabilidade prática, econômica e ambiental;

 

Imprensa – Matéria jornalística (notícia factual e reportagem) divulgado em jornal, revista, rádio, internet ou televisão, com conteúdo educativo, investigativo ou outro, que tenha contribuído ou promovido efeitos sociais positivos para a sustentabilidade dos recursos naturais;

 

Produção Acadêmica – Trabalhos relacionados à valorização de pesquisas científicas de instituições de ensino, que visam à produção de conhecimento acadêmico por investigações práticas dos processos relacionados à sustentabilidade ambiental.