Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
7/12/17 às 15h06 - Atualizado em 30/10/18 às 11h08

Propostas de ações do PPCIF de 2018 serão debatidas em fórum

COMPARTILHAR

Relatório de 2017 será apresentado e ficará disponível para consulta no site da Sema. Número de incêndios florestais aumentou em relação aos dois últimos anos. Evento será realizado no auditório da Escola de Governo do Distrito Federal

 

(Brasília, 7/12/2017) – A Secretaria do Meio Ambiente (Sema-DF) realizará na próxima segunda-feira (11) o 19º Fórum do Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais do Distrito Federal (PPCIF), quando serão avaliadas as ações de 2017 e apresentadas as propostas de ações para 2018. O evento acontecerá no auditório da Escola de Governo do Distrito Federal (Egov), das 9 às 18h, e será aberto ao público. A Escola de Governo está localizada no Setor de Garagens Oficiais, Quadra 1, Lote 1, bloco A.

 

O objetivo do PPCIF é reduzir a ocorrência e a reincidência de incêndios florestais no Distrito Federal em número e extensão. Para isso, prevê uma estruturação de combate e prevenção ao fogo no cerrado como uma ação permanente de governo.

 

O plano, com uma estratégia de ação própria, envolve os órgãos afetos à questão e tem como princípios a integração e a cooperação mútua, que objetivam uma melhor aplicação dos recursos humanos e materiais disponíveis. Funciona como um sistema de parcerias institucionais que visam a proteção do cerrado.

 

Propostas

 

Entre as propostas que serão apresentadas para 2018 estão a manutenção da campanha publicitária, inserção de mensagens educativas nas contas de água e de luz, elaborar um plano de comunicação integrado entre os órgãos que fazem parte do plano e manter os mutirões de educação ambiental com a população em áreas críticas que ficam próximas às unidades de conservação.

 

Dados

 

Segundo o Grupamento de Proteção Ambiental (Gpram) do Corpo de Bombeiros, a área queimada no Distrito Federal neste ano foi maior do que nos últimos dois anos. 15.996,59 hectares contra 15.811,99 de 2016 e 12.665,08 de 2015. O número de ocorrências registradas também aumentou. 9.970 contra 6.944 de 2016 e 5.229 de 2015. Os meses de julho, agosto, setembro e outubro apresentaram os maiores números de hectares queimados e também de registros de ocorrências.

 

Saiba mais:

 

Agência Brasília: Propostas do Plano de Prevenção e Combate a Incêndios para 2018 serão debatidas na segunda (11)

 

Mais informações:

E-mail: comunicacaosema@gmail.com

Telefone: (61) 3214 – 5611