Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
1/09/17 às 19h29 - Atualizado em 30/10/18 às 11h12

Santa Maria abre Virada com abraço em parque ecológico

COMPARTILHAR

Notícias

Alunos da rede pública de ensino e líderes comunitários também participaram. Comunidade quer a criação de um plano de manejo e a revisão da área do Parque Ecológico de Santa Maria para instalação de estruturas

(Brasília, 1º/9/2017) – Líderes comunitários, estudantes, crianças, professores e o administrador de Santa Maria, Hugo Gutemberg, se reuniram hoje à tarde nas proximidades do Parque Ecológico de Santa Maria para pedir a implantação e o desenvolvimento de um projeto daquele parque da cidade. O secretário do Meio Ambiente, André Lima, recebeu as informações e procurou saber em que condições estava a comunidade e as lideranças para poder oferecer o mínimo de apoio ao governo na implementação do parque. Segundo o administrador Hugo Gutemberg, já existe uma emenda parlamentar e uma rubrica destinada a investimentos para o cercamento e construção de equipamentos de segurança no local. Atualmente, o parque, criado por uma lei de 1998, não tem nenhum nível de infraestrutura implantado. Há ainda uma discussão pela comunidade sobre qual deve ser a área de utilização do parque na medida em que já há algumas instalações construídas naquela que deveria ser a região abrangida pela lei que criou o parque. 

O empresário Jorge Alexandre, líder comunitário que já mobilizou a sociedade para a instalação do atual centro de oficinas de Santa Maria, defende a criação de um plano de manejo e a revisão da área do Parque Ecológico de Santa Maria para que se possa viabilizar a instalação de algumas estruturas, inclusive de um lago no local. Segundo ele, é preciso haver uma ampliação da área, mas isso vai depender de um projeto de manejo que tem que ser desenvolvido pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram). 

Segundo Hugo Gutemberg, existem recursos em torno de 100 mil reais para poder fazer as obras e as estruturas básicas do parque. A Novacap também já definiu que vai destinar 6 mil mudas para o plantio de árvores no local. 

A comunidade de Santa Maria participou do evento com duas escolas, Escola Classe 116 com 40 crianças e a Escola Classe 203 com 25 crianças. Eles fizeram uma apresentação de uma música em homenagem ao cerrado e que recebeu elogio do secretário do Meio Ambiente pelo esforço das professoras e pela dedicação das crianças. Por parte da comunidade também participou o Movimento Mão Amiga que promove o recolhimento de verduras para ser distribuído às famílias carentes de Santa Maria. A presidente do movimento, Tatiane Kelly Barbosa, esteve presente na companhia de outros voluntários, entre eles, Jéssica Germana.  

O secretário André Lima comemorou o evento afirmando que ver a comunidade se envolvendo com a mobilização para ter o seu parque ecológico. Segundo ele, esse é o movimento que se percebe em todo o Distrito Federal na medida em que as pessoas querem ter um espaço próximos à comunidades ondem possam estar em contato direto com a natureza no sentido de melhorar a sua qualidade de vida.