Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/06/18 às 16h34 - Atualizado em 11/06/18 às 15h28

Secretaria de Meio Ambiente apresenta ações do Governo de Brasília no Congresso Internacional Cidades Lixo Zero

COMPARTILHAR

Aproximadamente 70 pessoas participaram nesta quinta-feira (7) do painel realizado pela Secretaria de Meio Ambiente do DF no encerramento do Congresso Internacional Cidades Lixo Zero. Foram apresentadas as ações do Governo de Brasília e melhores práticas desenvolvidas no DF após o fechamento do Lixão da Estrutural- Aterro Controlado do Jóquei.

 

Segundo o secretário Adjunto da Sema, Manoel Alexandre, o painel foi extremamente positivo, pois tratou sobre assuntos do ontem, do hoje e do amanhã. “Os participantes puderam conhecer as nossas ações que foram construídas de maneira muito técnica e bem estruturada para que o Lixão fosse desativado”, avalia.

 

A subsecretária de Educação Ambiental e Resíduos Sólidos da Sema, Elisa Meirelles, falou aos participantes sobre como inserir os catadores na cadeia socioprodutiva dos materiais recicláveis, que depende da realização correta da coleta seletiva em todos os espaços.

 

“Nossa meta é promover atividades educativas com o tema do consumo e geração de resíduos, a redução da geração de resíduos, além de promover campanhas em mídias diversas e porta a porta sobre limpeza das ruas e o descarte adequado dos resíduos com ênfase na coleta seletiva”, explica Elisa.

 

Um projeto para elaboração de proposta de remediação para o Lixão da Estrutural – Aterro Controlado do Jóquei, financiado pelo Fundo Mundial pelo Meio Ambiente (GEF), foi apresentado pela coordenadora técnica do Fundo, Nazaré Soares. “Ainda não existe um diagnóstico oficial sobre a região. O estudo permitirá a realização de uma proposta de remediação do Lixão, com técnicas inovadoras de remediação integradas”.

 

Educação Ambiental

 

Para a professora aposentada da Secretaria de Educação, Márcia Aparecida, todas as ações apresentadas passam por uma questão fundamental, a educação. “É necessário investimento em processos educacionais, educação ambiental para professores e alunos para que a coleta seletiva seja implementada de fato no DF”, sugere.

 

A Secretaria de Meio Ambiente realiza diversas atividades voltadas à educação ambiental no DF, entre elas a Virada do Cerrado, que acontecerá de 29 a 1º de julho de 2018. Este ano o tema da Virada será Resíduos Sólidos e Coleta Seletiva.

 

Foto: Eduarda Brogni/Sema