Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
16/03/18 às 18h06 - Atualizado em 30/10/18 às 11h04

Secretaria de Meio Ambiente realizará oficinas gratuitas durante o Fórum Mundial da Água

COMPARTILHAR

A programação gratuita do 8° Fórum Mundial da Água contará com uma série de oficinas oferecidas pela Secretaria de Meio Ambiente do Distrito Federal (SEMA/DF). Com temas voltados para o melhor aproveitamento dos recursos hídricos, inovações e reciclagem, elas serão realizadas na Vila Cidadã, entre os dias 17 e 23 de março, no espaço multiuso do Governo de Brasília. Para participar basta se cadastrar site http://www.worldwaterforum8.org/en/credentials.

 

Ao todo serão realizadas 11 oficinas que falarão sobre: Água e Reconexão com a Natureza- Horta Linda, Popularização de Mapas em Risco Ecológico, Sistemas Comunitários de Purificação e Condensação da Água, Novas Descobertas Científicas sobre a Água, Confecção de instrumentos musicais com materiais reciclados, Remando sobre as águas, Qual o seu papel no ciclo das águas? Água, Ecologia Profunda e Cultura de Paz, Água para todo o mundo em jogos de cooperação.

 

O secretário de Meio Ambiente do Distrito Federal, Igor Tokarski, destaca que as oficinas são para incentivar as boas práticas sobre o uso racional da água pela população. “A racionalização do uso da água é uma realidade mundial e aqui no DF realizamos diversas ações para amenizar riscos e assegurar o abastecimento de água para toda população”, explica o secretário.

 

Além das capacitações oferecidas pela SEMA, os visitantes da Vila Cidadã participarão de eventos culturais e debates temáticos. No dia 18, às 14h30, acontecerá a primeira rodada de conversa da Vila Cidadã. Outros destaques da programação são a exposição de fotografias de grandes rios do planeta, na Avenida Olhos D’água, a mostra de 60 experiências inspiradoras sobre boas práticas no uso da água e a exibição de 18 longas e 25 curtas sobre o uso e conservação da água. O público poderá ajudar escolher os melhores através do Green Film Festival, além de um júri internacional.

 

Confira a programação das oficinas da Secretaria do Meio Ambiente:

 

17/03 – Água e Reconexão com a natureza às 12h45: O objetivo é reconectar a natureza pela água, na abordagem do despertar de percepções sensoriais, observação das emoções e despertar a atenção nos detalhes, à capacidade de se maravilhar, a curiosidade e a empatia em relação à diversidade.

 

18/03 – Horta Linda às 09h45: Cultivar uma horta é um exercício maravilhoso que traz muitos benefícios à saúde e ao meio ambiente, onde se planta muito mais do que alimentos.

 

20/03 – Popularização de mapas em risco ecológico, com enfoque em Água às 09h00 e 11h15: O objetivo principal é educar o olhar dos participantes para a representação cartográfica das questões relativas à água em um território.

 

20/03 – Sistemas comunitários de purificação e condensação da água às 18h45: Esta oficina abordará a necessidade global de água potável suficiente e saudável em áreas problemáticas em nível local.

 

20/03 – Novas Descobertas científicas sobre a água às 20h15: Saiba mais sobre a nova ciência da água e transforme seu relacionamento com ela.

 

21/03 – Confecção de instrumentos musicais com materiais reciclados às 09h45: Construção de instrumentos alternativos a partir de resíduos, que desperta interesse do público infantil, jovem e adulto. Aula-espetáculo acerca de estudo e pesquisa que envolve os ritmos brasileiros.

 

21/03 – Remando sobre as águas às 09h0min: Atividades experiências com acessórios de prática de remendas, remos de diversas modalidades e tribos nativas brasileiras e educativos que serão utilizados na atividade prática ao ar livre.

 

22/03 – Qual o seu papel no ciclo das águas? às 09h: Conectar profundamente com as águas e compreender como cada indivíduo atua no ciclo das águas e propor novas soluções.

 

23/03 – Água, Ecologia Profunda e Cultura de Paz às 09h: Os desafios contemporâneos evidenciam a fragmentação entre seres humanos e as águas do mundo. A Ecologia Profunda é um portal para necessárias re-conexões com a Teia da Vida, e de expansão para a consciência de pertencimento. Esta Oficina objetiva facilitar o contato com esses significados através de partilhas e vivências.

 

23/03 – Água para todo o mundo em jogos de cooperação às 12h: A lógica proposta pelos Jogos Cooperativos, enquanto Pedagogia da Cooperação busca uma sinergia entre Visão-e-Ação, Teoria-e-Prática, Sonho-e-Realidade, Todo-e-Parte, Indivíduo-e-Coletivo e Cada Um-Consigo Mesmo, ou seja, entre tudo e todos que se acham isolados, separados ou em oposição uns aos outros.

 

23/03 – Painel às 16h30: O tema será os avanços no conhecimento sobre a água no DF através da pesquisa induzida pelo poder público.

 

Para conhecer a programação completa da Vila Cidadã acesse http://www.worldwaterforum8.org/pt-br/vila-cidadã

 

O Fórum

 

Realizado pela primeira vez no hemisfério sul, o Fórum Mundial da Água tem como objetivo conscientizar pessoas, empresas e governos sobre o uso sustentável da água. O tema desse ano será “Compartilhando Água”. A programação paga acontecerá no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e a Vila Cidadã será no Mané Garrincha, tudo concomitante entre os dias 18 e 23 de março.

 

Especialistas, ambientalistas, empresários, autoridades, pesquisadores e cidadãos de diversos países e continentes poderão trocar experiências e analisar problemas e suas soluções. O público estimado para participar desse evento é superior a 40 mil pessoas, incluindo turistas.

O Brasil é um exemplo e inspiração para outros países sobre como preservar as reservas de água doce em ações e legislação. Temos a Lei das Águas, que garante o direito de todos os brasileiros ao acesso a água. No DF temos leis distritais e decretos que reforçam e foram baseadas na Lei das Águas, com intuito de uso correto e preservação das águas da região.