Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/02/19 às 15h03 - Atualizado em 15/02/19 às 11h36

SEMA e SSP discutem segurança nos parques do DF

COMPARTILHAR

O secretário de Meio Ambiente, José Sarney Filho, teve um encontro com o secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Gustavo Torres, para apresentar as demandas do órgão com relação à segurança nos parques da cidade. O órgão fez um mapeamento das necessidades na área de segurança de 18 parques do DF. A reunião foi realizada na manhã desta quinta-feira (14), na Secretaria de Segurança Pública.

 

A situação mais preocupante é no Parque Ecológico Saburo Onoyama, em Taguatinga Sul. A área, que é bastante arborizada, com quadras poliesportivas, trilhas e infraestrutura para lazer, tem sido invadida por pessoas estranhas que provocam brigas e agressões, causam tumulto e levam sujeira para o local.

 

A maior preocupação de Sarney Filho é que, além de afastar a presença da comunidade, o comportamento de vândalos, moradores de rua, usuários de drogas e adolescentes infratores prejudica a realização das ações educativas previstas para o Onoyama, dentro do programa Parque Educador, iniciativa realizada em parceria entre a SEMA, Secretaria de Educação e Instituto Brasília Ambiental (IBRAM).

 

“Queremos que as crianças e adolescentes, professores e a população local não tenham medo de frequentar o Onoyama e os demais parques do DF. A segurança é um direito de todos, mas é importante, também, que esses espaços públicos estejam limpos e bem conservados”, destacou o secretário Sarney Filho.

 

O programa Parque Educador tem como foco o receptivo de alunos de escolas públicas do DF para a realização de ações de educação integral, ambiental e patrimonial. Além do Onoyama, fazem parte da iniciativa os parques – Estação Ecológica Águas Emendadas e Parque Ecológico Sucupira (Planaltina), Parque Ecológico Águas Claras, Parque Três Meninas (Samambaia). Está prevista a inclusão, também, do Parque Ecológico Dom Bosco (Lago Sul) e do Parque Ecológico e Vivencial do Riacho Fundo, ainda esse ano.

 

O secretário Anderson Gustavo Torres explicou que a pasta estuda a realização de um amplo programa de segurança pública no DF, cobrindo as áreas mais problemáticas da cidade. “As ações realizadas no Parque da Cidade podem gerar, inclusive, um protocolo que pode ser estendido aos demais parques do Distrito Federal”, disse Torres.

 

Secretaria de Meio Ambiente
Assessoria de Comunicação Social
(61) 99360-1385