Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/02/19 às 14h45 - Atualizado em 19/02/19 às 14h46

SEMA e WWF articulam ações para a Hora do Planeta no DF

COMPARTILHAR

Uma comitiva de representantes da Organização Não Governamental WWF-Brasil esteve na Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), na manhã desta terça-feira (19), para pedir o apoio do secretário José Sarney Filho no engajamento do governo do Distrito Federal para a Hora do Planeta, no dia 30 de março. A data faz parte de um movimento mundial dedicada à sensibilização da população e governos sobre os efeitos das mudanças climáticas.

 

Um dos momentos mais importantes do movimento acontece das 20h30 às 21h30, em 30 de março, quando as prefeituras das cidades participantes desligam as luzes dos prédios e monumentos, um gesto simbólico para demonstrar a preocupação com o meio ambiente.

 

 

A iniciativa da WWF não fica restrita somente ao movimento de apagar luzes. A questão ambiental causa um impacto direto na água, no ar e na produção de alimentos, entre outros aspectos. Por isso mesmo, o movimento é amplo e inclui a sensibilização de governos, iniciativa privada e população, em geral, para questões de mudanças climáticas e o seu impacto na biodiversidade e na vida das pessoas.

 

“Além de conscientizar as pessoas para a mudança de atitude com relação às questões ambientais, incentivamos os governos a buscarem soluções mais sustentáveis, que tragam mais qualidade de vida para todos” disse o coordenador de políticas Públicas da WWF-Brasil, Michel Santos.

 

Sarney Filho demonstrou entusiasmo pela iniciativa da WWF-Brasil, organização que conhece bem desde sua gestão à frente do Ministério do Meio Ambiente e como líder da Frente Parlamentar Ambientalista da Câmara dos Deputados. “Trabalhamos em um planejamento amplo, que envolve a realização de diversas ações, visando estimular os projetos de eficiência energética. Na SEMA, com o apoio do governador Ibaneis Rocha, vamos buscar recursos para o Brasília Solar, um projeto que prevê o uso de energia solar nos prédios públicos”, disse Sarney Filho.

 

O secretário relatou a experiência como líder da Frente Parlamentar Ambientalista, quando examinou estudos para viabilizar o plantio de árvores afim de neutralizar a emissão de gás carbônico nas cidades. “É um programa ambicioso que a secretaria quer implantar em Brasília, talvez mais para o final do ano, com a distribuição de mudas frutíferas para a população. O plantio dessas árvores vai absorver a poluição e ajudar a diminuir o efeito estufa”, explicou.

 

A WWF-Brasil também manifestou ao secretário Sarney Filho a disposição de liderar campanha para limitar o uso de plástico no país. “Esse também é um dos grandes desafios da nossa secretaria”, resumiu.

 

Hora do Planeta

 

A Hora do Planeta é um movimento voluntário de sensibilização para as questões de mudanças climáticas e seu impacto na biodiversidade e na vida das pessoas. O movimento nasceu em 2007, na cidade de Sydney, na Austrália, e desde então vem ganhando o mundo, com cada vez mais adeptos.

 

Em 2018, a Hora do Planeta teve a participação de cidades e municípios em 188 países e territórios, contabilizando mais de 17 mil ícones ou monumentos apagados. No Brasil, foram 100 cidades aderindo e mais de 1500 monumentos apagados, além de uma grande participação empresarial, com mais de 160 empresas. (Fonte: WWF-Brasil)

 

 

Secretaria do Meio Ambiente
Assessoria de Comunicação Social
(61) 99360-1385