Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/03/19 às 13h28 - Atualizado em 21/03/19 às 16h20

SEMA promove curso para Agentes de Cidadania Ambiental

COMPARTILHAR

 

O Programa Agentes de Cidadania Ambiental visa a inclusão dos catadores de materiais recicláveis no mundo do trabalho e na área ambiental. De acordo com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, contratados por meio processo seletivo, atuarão como multiplicadores de informações voltadas à gestão e à educação ambiental. São 900 vagas ao todo.

 

O Programa citado foi regulamentado pela Portaria nº 185, de 1º de dezembro de 2016, para a Inclusão ao Mundo do Trabalho na Área Ambiental, o catador tem de dispor de 12 horas mensais para participar de oficinas de capacitação e de mobilização comunitária, visando difundir boas práticas de separação de resíduos domésticos, com o intuito de criar condições mais favoráveis à coleta seletiva.

 

As atividades são planejadas, acompanhadas e coordenadas pela Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES), Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA), Serviço de Limpeza Urbana do Distrito Federal (SLU) e Casa Civil do Distrito Federal (CACI).

 

Os agentes de cidadania ambiental recebem bolsa mensal de R$ 300,00 (trezentos reais), os recursos vêm do fundo de assistência social da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDES) e o tempo de permanência no programa será de até 12 (doze) meses, podendo ser prorrogado por igual período.

 

Na última quarta-feira (20) a SEMA coordenou mais uma etapa da capacitação dos catadores em materiais recicláveis com tema: “Relações Interpessoais ensinando a importância do trabalho em equipe nas gestões das cooperativas e dos IRR”. O programa oferece a inclusão desses catadores em atividades na área ambiental.

 

 

 

O subsecretário de Educação e de Resíduos Sólidos da Sema, Jair Tannús, explicou que a capacitação dos catadores é de grande importância, em especial após a desativação do Aterro Controlado do Jóquei e criação do Aterro Sanitário de Samambaia. “Nosso objetivo é promover a redução do dano financeiro dos catadores que dali tirava seu sustento, e incluí-los de forma efetiva nas Instalações de Recuperação de Resíduos (IRR)”, explicou.

 

Secretaria de Meio Ambiente (SEMA)

Assessoria de Comunicação Social

(61) 99360-1385