Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/05/19 às 15h46 - Atualizado em 21/05/19 às 17h37

Sema discute avanços na logística reversa de eletrônicos

COMPARTILHAR

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA), representantes das Organizações do Terceiro Setor, Vilmar Simion, representante das Organizações da Sociedade Civil Programando o Futuro, Gustavo Bertolino, representante da Zero Impacto, Diogo da Matta, assessor Legislativo do Deputado Distrital Leandro Grass e o Jornal Opção do Entorno (Valparaíso-GO) estiveram reunidos nesta segunda-feira (20/05) na SEMA para discutirem ações e avanços na Cadeia Produtiva da Logística Reversa de eletroeletrônicos no Distrito Federal.

 

Atualmente, o Brasil é um dos maiores produtores de resíduos eletrônicos do mundo e por sua composição química complexa de substâncias altamente tóxicas ao meio ambiente e à saúde humana torna-se necessário uma política para a destinação ambientalmente adequada desses resíduos.

 

A Programando o Futuro sediada em Valparaíso (GO), atua em todo o território nacional, desenvolvendo projetos em parceria com a sociedade civil, iniciativa privada, terceiro setor e o poder público gerando além de benefícios a população em geral como a inclusão digital, também gera trabalho e renda para centenas de pessoas. Após um longo período de atividades no Estado de Goiás, a organização está migrando para a cidade satélite do Gama (DF), trazendo ganhos e benefícios à população local e ampliação da atuação no Distrito Federal. Atualmente 90% (noventa por cento) dos resíduos tratados e beneficiados pela organização são de origem do Distrito Federal.

 

Gustavo Bertolino, da organização Zero Impacto, avaliou de forma positiva a audiência pública realizada pela CLDF em novembro de 2018 sobre os Resíduos Eletroeletrônicos, possibilitou a ampliação do debate e destacou a importância de avançar a discussão sobre o projeto de lei e o termo de compromisso para a logística reversa dos eletroeletrônicos.

 

Diogo da Matta enfatizou a importância da adesão à Frente Parlamentar Ambientalista liderada. A Frente será protagonizada pela CLDF para participar dos grupos de trabalho que discutirá periodicamente em conjunto com a sociedade civil organizada ações e projetos de melhoria e conquistas para o Meio Ambiente. No dia 24/05, às 14h haverá a primeira reunião do GT de Resíduos Sólidos. A CLDF articulará uma conferência com a ABINEÉ e Green Eletron para ampliar a discussão do Termo de Compromisso a ser celebrado para a Cadeia da Logística Reversa dos Eletrodomésticos.

 

A Subsecretaria de Gestão das Águas e Resíduos Sólidos da SEMA enfatizou a importância da discussão do Termo de Compromisso e do projeto de lei dos Eletroeletrônicos. Para contribuir com o processo a SEMA conduzirá junto à Secretaria de Fazenda do Distrito Federal a solicitação de informações pertinentes aos produtos eletroeletrônicos comercializados e distribuídos no âmbito do Distrito Federal, que embasarão o planejamento das diretrizes e metas com o objetivo de assinatura do Termo de Compromisso da Logística Reversa dos Eletroeletrônicos.

 

 

O subsecretário de Gestão das Águas e Resíduos Sólidos da SEMA, Jair Tannús, reafirmou o compromisso da secretaria ser um parceiro das Organizações da Sociedade Civil, do Terceiro Setor e da Câmara Legislativa do Distrito Federal no processo de participação e implementação da Política Distrital de Resíduos Sólidos.

 

Assessora Técnica
Subsecretaria de Gestão das Águas e Resíduos Sólidos