Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/09/21 às 10h39 - Atualizado em 26/09/21 às 10h42

Coleta domiciliar de eletroeletrônicos e eletrodomésticos facilita descarte no DF

COMPARTILHAR

 

Ao organizar a mudança de residência, a funcionária pública Cláudia Pohl, 58, percebeu o quanto de objetos eletroeletrônicos estavam acumulados. “Fiz uma “limpa” e com isso separei vários itens que deveriam ser descartados de forma correta, dentre os quais telefones celulares, aparelho de fax, televisão, computadores, ferro de passar entre outros”.

 

Ela foi uma das primeiras a usar o serviço de coleta domiciliar gratuita implantada oficialmente no Distrito Federal, nesta manhã desta sexta-feira, (24/9), em Santa Maria, quando foi lançado o Sistema de Logística Reversa de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos.

 

“Achei o serviço de coleta excelente. Devido ao volume de itens, não teria como levar aos pontos de coleta para o descarte correto. Marcaram hora e foram muito prestativos. Além do reaproveitamento de vários resíduos eletrônicos é uma forma de preservar o meio ambiente”, conta.

 

O lançamento do sistema formaliza o primeiro acordo setorial entre entes da cadeia produtiva e o Governo do Distrito Federal, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e a Associação Brasileira de Reciclagem de Eletroeletrônicos e Eletrodomésticos. O acordo, com vigência de 36 meses, prevê o aprimoramento da logística reversa e a destinação final ambientalmente correta de 100% dos produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos coletados no DF.

 

A Zero Impacto (ZI) será responsável pela logística e consolidação dos produtos recebidos na coleta agendada e nos pontos de recebimento, dos quais nove deles já estão em funcionamento nas Asas Sul e Norte, Lago Sul, Guará II, Taguatinga, Águas Claras e Santa Maria.

 

“A maior novidade desse acordo é a coleta domiciliar gratuita de eletroeletrônicos e eletrodomésticos para a destinação ambientalmente adequada. Já que o DF conta com cerca de uma centena de Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) de produtos eletroeletrônicos. Também é a primeira vez que os eletrodomésticos de grande porte são abarcados”, afirma o secretário de Meio Ambiente, Sarney Filho.

 

Agendamento – A solicitação de coleta pode ser feita por WhatsApp, telefone ou por meio da página da ZI na Internet. A pessoa interessada deve preencher um formulário com informações sobre quantidade e tipologia dos equipamentos que serão destinados, além dos dados pessoais dia e horário para a coleta, que de acordo com as regras, poderá ser feita a partir de 30kg de equipamentos. Abaixo desse peso, uma avaliação dos produtos será feita com recomendações da melhor forma de descarte.

 

Para o secretário, a iniciativa concretiza a logística reversa dos eletroeletrônicos e eletrodomésticos no DF, de cuja articulação participou nos últimos anos, na segunda gestão como ministro do Meio Ambiente. “Temos sido pressionados pela sociedade e órgãos de controle para avançar na regulamentação das cadeias de logística reversa. Nesse caso, tratam-se de produtos muito acessíveis à população, que está cada vez mais consciente e buscando alternativas para cumprir seu papel na responsabilidade compartilhada”, afirma.

 

A gerente de Implementação da Política de Resíduos, Maria Fernanda Teixeira, da Sema, destaca que a iniciativa responde às reivindicações da população, inclusive por meio da ouvidoria da Sema. “O descarte de máquina de lavar, fogão, geladeira sempre foi um problema aqui no DF. Assim, o acordo setorial representa uma mudança que ansiávamos para ver acontecer”, diz.

 

 

Lançamento Participaram da mesa de abertura do evento, na sede da Zero Impacto, em Santa Maria, o assessor especial da Sema, Jair Tannus, representando o secretário Sarney Filho, o diretor de Qualidade Ambiental, André França, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), o consultor Ricardo Neto e o presidente da ABREE, Sérgio Maurício, que entregou troféus e placas de agradecimentos às autoridades, para marcar o compromisso do DF com a sustentabilidade.

 

“O Acordo de Cooperação tem o objetivo de assegurar a destinação final ambientalmente adequada dos produtos eletroeletrônicos e eletrodomésticos de uso doméstico descartados pelos usuários (pessoas físicas), no DF”, afirmou Jair Tannus.

 

Para Sérgio Maurício, a iniciativa marca o início de um projeto que tem tudo para se tornar um exemplo para outras regiões. “Iniciamos com nove pontos de recebimento e a coleta agendada em benefício. A partir disso, daremos a destinação ambientalmente correta para os produtos recebidos. A logística reversa é a maneira mais sustentável de proteger o planeta e contribuir para uma economia circular”, diz.

 

Conquista – André França comemorou a conquista do DF, lembrando que a iniciativa faz parte da política Lixão Zero, implantada pelo MMA, no âmbito da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana com o objetivo de subsidiar os estados e municípios na gestão dos resíduos sólidos urbanos, com foco na disposição final ambientalmente adequada.

 

Com experiência na logística reversa implantada em Portugal, Ricardo Neto, disse estar bem impressionado com a condução da Política Nacional de Resíduos Sólidos pelo governo brasileiro. “O Brasil avançou muito nesse desafio”, disse.

 

Felipe Ferreira, da Zero Impacto, acredita que a medida vai possibilitar a destinação adequada da chamada linha branca (refrigeradores, freezers verticais e horizontais, condicionadores de ar, lavadoras de louças, lavadoras de roupa, secadoras, fornos de microondas). “Ou seja, o consumidor final, pessoa física, vai ter essa opção, algo que não existia em Brasília. Todas as outras linhas já tinham destinação adequada e vão continuar tendo”, completa.

 

Agendamento para coleta domiciliar

www.zeroimpacto.com.br

https://zeroimpacto.com.br/solicitacao-de-coleta/

(61) 3301-3584 (WhatsApp)

 

Pontos de Entrega Voluntária de Eletroeletrônicos Zero Impacto

 

Asa Sul

Posto Jarjour Asa Sul (SHCS SQ 210 – Eixo L)

 

Asa Norte

Posto Jarjour Asa Norte (SHCN SQ 206 – Eixo L)

Secretaria de Estado Meio Ambiente do DF (SBN – Setor Bancário Norte, Quadra 2, Bloco K, Edifício WAGNER)

 

Lago Sul

Posto Cascol (SHIS EPDB QI 13/QL 14 LT 1)

 

Guará ll

Jukaf confecções (QE 40, Rua 12, lote 09)

 

Santa Maria

Sede l Zero Impacto (Trecho 01, Conjunto 05, Lote 01 – Polo JK)

 

Águas Claras

Vitrinni Shopping Águas Claras (Av. Castanheiras, entre a Rua 13 e 14 Norte)

DF Plaza Shopping (Rua Copaíba, N 1, Térreo Quiosque ZAP)

 

Taguatinga

Posto Jarjour Taguatinga (CSB 08 lotes 01/05 – Próximo à EPTG)