Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
17/05/18 às 13h45 - Atualizado em 30/10/18 às 11h01

Parque Ezechias Heringer no Guará recebe programação do projeto Parque Cultural neste sábado (19)

COMPARTILHAR

Apresentação faz parte do programa Parque Cultural promovido pela Secretaria de meio Ambiente, Ibram e Secretaria de Cultura   

No próximo sábado (19), o Parque Ecológico Ezechias Heringer, unidade de conservação localizada no Guará, receberá pela primeira vez o Projeto Parque Cultural, com atividades voltadas à todas as idades durante todo o dia, com concerto especial da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, às 18 horas. 

 

A partir das 8h, o público poderá assistir peças teatrais, participar de oficinas de educação ambiental, caminhadas guiadas, recreação infantil e dança coletiva. No local haverá também uma área reservada para Praça de Alimentação, com food trucks e água potável oferecida pela Caesb. Haverá ainda a distribuição gratuita de mudas de plantas ornamentais e frutíferas do Cerrado.

 

Estudantes de universidades parceiras também farão ações de prevenção e promoção da saúde, com postos de atendimento e aferição de pressão arterial, riscos de diabetes, avaliação física, cuidados com o corpo, massagens e oficinas gratuitas de maquiagem e beleza.

 

Será a terceira edição do programa Parque Cultural, uma parceria entre as Secretarias de Meio Ambiente (SEMA-DF), o Instituto Brasília Ambiental (IBRAM) e a Secretaria de Cultura (SECULT). Além disso, o esta edição conta com o apoio da Administração Regional do Guará, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, além de entidades privadas.

 

Com o Parque Cultural, o Governo e seus parceiros pretendem valorizar as Unidades de Conservação do DF como áreas de lazer, difusão cultural e conhecimento, promovendo ações de estimulo à sustentabilidade, atividades ao ar livre, a economia colaborativa e a interação entre moradores da cidade.

 

As atividades culturais e esportivas são todas gratuitas, mas os organizadores sugerem aos frequentadores que levem pelo menos 1 quilo de alimentos não perecíveis, ou agasalhos e tênis, para doação a pessoas carentes. Também recomendam irem a pé ou de bicicleta e levarem cangas, toalhas, banquinhos individuais e seus próprios copos para o consumo de líquidos. O objetivo é evitar ao máximo acúmulo de lixo e estimular a prática de atitudes sustentáveis.